Um Tempo Enquanto Der

by Mocambo

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      $4.99 USD  or more

     

1.
03:46
2.
03:42
3.
02:19
4.
5.
02:52
6.
05:08

about

Um Tempo Enquanto Der is Mocambo's debut EP, recorded live in Petrópolis, Rio de Janeiro.
// Um Tempo Enquanto Der é o EP de estréia do Mocambo, gravado ao vivo em Petrópolis, Rio de Janeiro.

credits

released May 28, 2014

tags

license

all rights reserved

about

Mocambo Rio, Brazil

contact / help

Contact Mocambo

Streaming and
Download help

Track Name: Meio Cheio
Te querer só em parte
É repartir o tempo
Meio rio que flui
Meio contra a corrente

Só querer-te um pouco
E a saudade que invade
Um pedaço de mim
Ainda certo do fim

É que estou cheio de meias verdades
Repleto de meias vontades
Estou inteiro de partes avulsas
E um copo cheio de nada
To vazio das minhas desculpas
Tão só a tarde inteira

Tão cansado de tudo essa noite
Menos de você e de mim
Meio cheio

Te querer só metade
E uma parte do tempo
Meio sim, meio não
Meio doido varrido

Só querer como um louco
E a razão que me invade
Ou que parte de mim
Do início ao fim

É que estou cheio de meias verdades
Repleto de meias vontades
Estou inteiro de partes avulsas
E um copo cheio de nada
To vazio das minhas desculpas
Tão só a tarde inteira
Track Name: Desata
Desata o nó e salta
Digo sem pestanejar
Eu e você
Que nada, hora errada

Iam pelo mar
Ou pela estrada
Ainda molhada do som de lágrima

Desabar só
Me dói o par
Me parte o nó

Tento me conter
Te cantar
Não sei contar
Onde soltar
Track Name: Diz Que Vai
E se eu desisto do argumento
E como um dengo, me ponho a sorrir
Me diz se você cai

E vai abrir a guarda assim,
Diz que vai

E se eu disser que não aguento
E que em segredo eu já me rendi
O que é que você faz?

Vai fazer como eu pedi
E diz que vai

Pois toda a artimanha de paz
É um artifício que distrai

E se eu desisto do argumento
E como um dengo, me ponho a sorrir
Me diz se você traz

A bandeira branca, enfim
E diz que vai

Nem tanto faz nem tanto tempo,
Esse é o momento para descobrir
Por onde a gente sai

Eu já decidi seguir,
Me diz se vai

Nem todo o silêncio diz mais
Nem a discussão é que vai

Tornarnos um
Não vejo por que tornarnos um
A riqueza de dois normais
É mais
Track Name: Melô do Cabeleira
Malandro que é bom
não sai em capa de jornal,
nem dá bobeira.

Diz pra mim
Não vai deixar os 'hômi' te pegar.
Nem vá matar um trabalhador.
Tome cuidado, eu vou rezar
a noite toda.

Depois dessa vez, meu bem,
eu rogo é hora de parar.
Lembre desse bucho
que você botou em mim
Te quero aqui

Mas bandido que é mal
não tem família nem local
e às vezes vacila

Esse aí nem viu o xadrez,
fez um amor chorar
mais um garoto solto no ar.
E a minha cidade vai sorrir,
sempre alheia.

Quando o sol nascer no morro,
a vista vai nos distrair
Quando o breu voltar,
num samba outras histórias
vão se repetir...
Track Name: Revés
Eu quero que entre e saia
Mas deixe um tanto de amor
O que muito atrapalha
Se pouco falta igual calor

Se para querer ficar
Me falta dizer, faz falta jurar
Se para deixar pra lá
Tem que abandonar e já,
Vem ver o que será:
Reveja!
Track Name: Roda Gigante
olha, vai entrar na roda gigante
roda, para ver todo o mundo distante
mas de repente dá vontade de descer,
viver no chão
surpreender-se nunca é vão

e sob um novo céu,
de um mesmo sol,
nada em um outro mar.

dentro de um novo seu,
do mesmo sal,
tudo de novo, amar.

sorriso certo é teu afinal

quando teu pé
olhou pro meu pé
achou que conhecia
mas ainda não.
(es)pera chegar no chão
(es)pera chegar...